Minha experiência com unhas em gel.

By | December 20, 2015

Oi meus amores, tudo bem com vocês? O papo de hoje é um assunto diferente do que eu costumo trazer aqui pro blog, más não deixa de ser interessante e oportuno. Como vocês já viram pelo título eu fiz unhas em gel, e hoje vou contar o que estou achando; por que eu decidi fazer, valores, se eu já me acostumei ou não, se me arrependi e outras coisinhas que vocês irão conferir ao longo do post. Então chega de blábláblá e vamos ao que interessa!!!!

Diferente do que estamos acostumados a ver, a primeira foto já é o resultado do procedimento.

Minha experiência com unhas em gel.

Há muito tempo (muito mesmo) eu tenho vontade de deixar minhas unhas crescerem, más nunca consegui por ser viciada em roê-las. Essa vontade aumentou consideravelmente depois que criei o blog e quiz trazer posts de unhas mostrando esmaltes, contando meus cuidados para com elas e dando algumas dicas, más elas continuavam roidas e feias na maioria do tempo.  Até que eu vi uma publicação no meu Feed do Faceebok, uma moça da mesma cidade que a minha mostrando unhas de gel que ela tinha feito em uma cliente. Fiquei encantada, combinamos um dia e fui lá fazer. O primeiro passo é lixar suas unhas, e colar unhas “postiças”. Sendo que, as unhas são coladas na metade das unhas verdadeiras, em sentido ao comprimento. Depois ela foi cortando e serrando aos poucos, até o tamanho e formato que eu escolhi. Fica assim:



Depois que as unhas estão moldadas, chega a hora de usar o gel e dar naturalidade a essas unhas. Ela passa uma camada com pincel como se fosse esmalte mesmo, coloca a mão na cabine UV e aguarda um tempinho (1 minuto +/-). Ela refaz esse processo 4 ou 5 vezes e é incrível como a unha sai natural da cabine. O gel cria uma camada na unha natural que não recebeu a unha e deixa da mesma espessura da que foi colada. Além disso, da brilho e firmeza a elas. Depois do processo, ela esmaltou e finalizou com um fixador.

Leia também:  Esmalte Rosa Crystal - Avon Crystal

No primeiro dia não conseguia abrir um ziper, amarrar o cabelo, muito menos digitar direito no celular. Para mim que sempre tive as unhas unhas curtinhas foi difícil acostumar e conseguir fazer as coisas normalmente. Com o passar dos dias eu fui conseguindo realizar minhas tarefas em casa e no trabalho com mais facilidade, mas não 100% sabe? Más eu não me importei muito não, afinal estava realizada!

No quarto dia amanheci sem 1 unha, e no final deste mesmo dia perdi a segunda. Fiquei tão chateada!!!

Em tudo que eu tinha lido e visto sobre o assunto, nunca vi ninguém reclamando que elas caiam, eu realmente achei que minha preocupação seria apenas a manuntenção das unhas crescidas, para igualar. Más não!!! No 6º dia caiu a terceira unha e moça que pediu para que eu voltasse para refazer as que haviam caído, más eu fiquei adiando e acabei não indo. Hoje fazem 8 dias que fiz o procedimento e decidi retirar as que ficaram porque eu não achei que fosse assim. Não tenho tempo nem paciência para ficar refazendo o que caiu. Apesar de ter me apaixonado por elas nesta única semana, eu não voltaria a colocar. Com tantos relatos positivos sobre as famosas unhas em gel, eu não sei que fator contribuiu para que as minhas durassem tão pouco tempo. Trabalho com as mãos manuseando papéis, e teclado o dia inteiro. Poderá ter sido isso? Ou será que a cola não era tão resistente assim? Não sei, só sei que PARA MIM foi decepção total.

META PARA 2016: Deixar minhas unhas naturais crescerem! kkkkkkkkkkkkk